Dor no pescoço

Dor no pescoço (dor cervical)

Dor no pescoço (dor cervical)

A dor no pescoço é uma queixa frequente na população em geral. A dor no pescoço pode ter muitas causas, como a distensão muscular no pescoço devido a uma má postura de trabalho, quando, por exemplo, se inclina sobre o computador ou se senta à secretária com o tronco curvado. A osteoartrite é também uma causa frequente de dor no pescoço. Muitas pessoas sentem dores ou rigidez no pescoço na sequência de uma lesão, sobrecarga física ou inflamação. Há muitos tratamentos disponíveis para a dor no pescoço, dependendo da sua causa.

Muitos casos de dor no pescoço são ligeiros e resolvem-se espontaneamente em alguns dias. Contudo, por vezes a dor no pescoço pode ser um sinal de algo mais grave. Deverá procurar assistência médica se a sua dor no pescoço for acompanhada de dormência ou perda de força nos braços ou mãos, se sentir dores agudas no ombro ou se estas se estenderem até ao braço.

 

Tipos de dor no pescoço

A dor no pescoço pode ser descrita de muitas formas, podendo também estar relacionada com diversos tipos de movimentos. Normalmente apresenta-se como dor ao virar a cabeça, uma combinação de dores no pescoço e nas costas, dor muscular no pescoço ou dores musculares nas costas e no pescoço. Às vezes é simplesmente referida como dor no pescoço. A dor pode ser persistente, intensa ou aguda. A dor no pescoço pode ter diversas causas.

Distensão muscular

A sobrecarga física, como passar demasiado tempo com a cabeça inclinada sobre o computador ou smartphone, origina frequentemente distensões musculares. Mesmo as mais pequenas atividades, como ler na cama ou ranger os dentes, podem causar a distensão dos músculos do pescoço.

Osteoartrite

Com a idade, a osteoartrite leva à deterioração da “almofada” (cartilagem) existente entre os ossos (vértebras).

Compressão de um nervo

A presença de uma hérnia discal ou de osteófitos nas vértebras do pescoço pode resultar na compressão de nervos na medula espinhal e causar dor.

Lesões

Os acidentes de viação podem originar lesões por “golpe de chicote”, que ocorrem quando a cabeça é lançada para trás e para a frente, distendendo os tecidos moles do pescoço.

Doenças

Determinadas doenças, como a artrite reumatoide, a meningite ou o cancro, podem causar dores no pescoço.

Causas da dor no pescoço

A dor muscular ocorre quando os músculos do pescoço e ombros doem ou ficam doridos em resposta a um esforço excessivo ou a uma tensão física ou emocional prolongada. Os músculos do pescoço podem desenvolver nódulos duros sensíveis ao toque, por vezes chamados pontos-gatilho.

Os espasmos musculares, uma contração involuntária súbita e forte dos músculos do pescoço, são outra das causas da dor no pescoço. O pescoço pode doer e ficar tenso ou rígido, podendo ser difícil virar a cabeça. Quando acorda com dores e rigidez no pescoço, será provavelmente consequência de um espasmo muscular. Os espasmos musculares podem resultar de uma lesão muscular, mas podem também ocorrer em resposta a um problema num disco intervertebral ou nervo, ou mesmo a estados de stress emocional. No entanto, muitas vezes não há uma causa clara.

As dores de cabeça relacionadas com o pescoço apresentam-se frequentemente na parte de trás da cabeça, sendo normalmente resultantes de tensão ou espasmo muscular. As dores de cabeça relacionadas com o pescoço são normalmente descritas como “moinhas” persistentes, e não como dores agudas; o pescoço pode também apresentar-se rígido ou sensível. Os movimentos do pescoço agravam a dor.

Tratamento da dor no pescoço

Os tratamentos habitualmente usados para a dor no pescoço incluem o paracetamol ou o ibuprofeno. Pode também usar uma almofada baixa e firme, aplicar compressas quentes ou frias no pescoço, ou até experimentar efetuar exercícios com o pescoço. Não use colar cervical (exceto se o médico o recomendar), pois é melhor manter o pescoço em movimento. Deve também evitar atividades que possam representar um risco para si ou para terceiros devido ao facto de não conseguir virar a cabeça, como conduzir ou andar de bicicleta. Se a dor no pescoço for persistente, pode experimentar tomar Spidifen EF, um analgésico não opioide que proporciona um rápido alívio dos sintomas.

Spidifen EF tem uma fórmula exclusiva com Ibuprofeno e Arginina: graças à presença da Arginina, acelera-se significativamente a solubilização e a absorção do Ibuprofeno, comparativamente às formas farmacêuticas convencionais à base de Ibuprofeno, garantindo um rápido alívio da dor aguda no pescoço. O Spidifen EF inicia a sua ação rapidamente após a administração.

Consulte o seu médico:

se a dor ou rigidez não desaparecer após algumas semanas

se os analgésicos, como o paracetamol ou o ibuprofeno, não proporcionarem alívio

se tiver outros sintomas, como sensação de formigueiro, de picadas ou de frio no braço

PREVENÇÃO DA DOR NO PESCOÇO

A maioria dos casos de dor no pescoço é resultante de uma má postura, associada ao desgaste e a problemas relacionados com a idade. Algumas alterações simples na sua rotina diária podem ser benéficas. Procure:

  • Corrigir a sua postura. Certifique-se de que os ombros estão alinhados com as ancas e que as orelhas estão alinhadas diretamente sobre os ombros, tanto na posição sentada como de pé.
  • Fazer intervalos frequentes. Se fizer viagens longas ou trabalhar ao computador durante períodos prolongados, levante-se, movimente-se e estique o pescoço e os ombros.
  • Ajustar a secretária, a cadeira e o computador para que o monitor fique ao nível dos olhos. Os joelhos devem estar um pouco abaixo das ancas e use os braços da cadeira.
  • Evitar transportar sacos pesados ao ombro. O peso pode causar distensão do pescoço.
  • Dormir numa posição correta. A cabeça e o pescoço devem estar alinhados com o corpo. Use uma almofada baixa e firme.

Qual é a sua dor?

Saiba em que dores pode utilizar Spidifen EF
para obter alívio mais rápido.
Qual é a sua dor?

Como prefere tomá-lo?

O que é Spidifen EF?