Febre e gripe

Febre e gripe

O que é?

A febre é um importante sintoma da nossa saúde, reconhecido desde a antiguidade, e medir a temperatura é uma prática de rotina nos cuidados médicos. A febre ocorre maioritariamente devido a infeções causadas por bactérias ou vírus, incluindo o da gripe, a infeção de origem viral que todos os anos é responsável por epidemias em todo o mundo.

Aprofundemos o conhecimento sobre o fenómeno da "febre" no contexto da gripe e de outras situações.

Durante anos, a febre foi considerada um fenómeno perigoso, mas, mais recentemente, o aumento da temperatura corporal foi reconhecido como um mecanismo de defesa do corpo contra infeções. Portanto, é bom relembrar que a febre tem também um efeito benéfico no organismo.

As causas da febre

A febre é uma consequência do processo inflamatório ativado em resposta a uma infeção, mas pode ser também resultante de uma lesão tecidular ou da presença de outros estímulos irritativos. A regulação da temperatura corporal depende do centro termorregulador situado no cérebro. Na presença de um "ataque", o cérebro reage e “reajusta” o nosso termostato interno para uma temperatura mais alta. A febre pode durar algumas horas ou alguns dias se for causada por uma infeção, como acontece na gripe.

- febre contínua, quando a temperatura corporal atinge os 40 °C e permanece quase constante; febre intermitente, quando ocorre apenas durante algumas horas do dia e depois a temperatura regressa ao normal; febre remitente, quando a temperatura permanece acima do normal, mas com variações superiores a 1°C durante o dia.

Tipos de febre

Durante o dia, a febre poderá manter-se constante ou apresentar flutuações, pelo que se descreve como:

febre contínua, quando a temperatura corporal atinge os 40 °C e permanece quase constante;

febre intermitente, quando ocorre apenas durante algumas horas do dia e depois a temperatura regressa ao normal;

febre remitente, quando a temperatura permanece acima do normal, mas com variações superiores a 1°C durante o dia.

Febre na gripe

GRIPE SEM FEBRE

A gripe manifesta-se através de diversos sintomas, incluindo dor muscular, mal-estar geral, dor de cabeça (ver abaixo), mas pode ocorrer também sem febre. É importante ter consciência desta possibilidade pois, mesmo que a temperatura não suba, na presença de outros sintomas o indivíduo permanece contagioso.

FEBRE COM GRIPE

A febre causada pela gripe é normalmente elevada e é acompanhada de sintomas gripais, dores generalizadas intensas, dor muscular, dor de cabeça e mal-estar geral. A febre alta ocorre normalmente nos primeiros dias da gripe, a temperatura desce durante os 2-3 dias seguintes de forma gradual. No entanto, em alguns casos pode prolongar-se até 8 dias.

Sintomas na gripe

Febre, muitas vezes acompanhada de outros sintomas.

Sintomas típicos:

  • Sensação de calor
  • Sensação de frio
  • Suores
  • Cefaleia (dor de cabeça)
  • Dor generalizada no corpo
  • Fraqueza
  • Fadiga
  • Sonolência
  • Arrepios
  • Tremores

Sintomas respiratórios:

  • Dificuldade em respirar
  • Tosse seca

Sintomas do trato digestivo:

  • Sede
  • Náuseas
  • Perda de apetite
  • Vómitos

Sintomas do sistema nervoso:

  • Irritabilidade
  • Sonhos vividos
  • Alucinações

Febre sem sintomas

Pode acontecer que a subida da temperatura não seja acompanhada destes sintomas típicos, neste caso falamos de febre sem sintomas. Ocorre principalmente em crianças e é normalmente causada por uma infeção de origem viral.

Febre alta: causas

A febre pode subir devido a diversos eventos precipitantes, incluindo:

Infeções de origem viral e bacteriana

Calor excessivo

Patologias inflamatórias, como a artrite reumatoide

Alguns fármacos

Algumas vacinas

Com ou sem febre?

Em adultos saudáveis, a temperatura média medida na boca é de cerca de 36,8 °C. A temperatura varia ao longo do dia. A temperatura normal máxima (medida na boca) é de cerca de 37,2 °C de manhã, e de cerca de 37,7 °C no final da tarde. Portanto, pode dizer-se que há presença de febre quando a temperatura corporal excede estes valores. Durante uma doença febril, esta variação mantém-se ao longo do dia, pelo que a febre será mais alta à noite do que de manhã.

Normalmente, a febre não é motivo de preocupação se permanecer abaixo dos 39,4 °C. Se a temperatura atingir valores superiores, é aconselhável consultar o seu médico.

No que se refere à temperatura corporal da criança, considera-se que está com febre quando a temperatura está acima dos:

  • 38 °C, medida no reto;
  • 37,5 °C, medida na boca;
  • 37,2 °C, medida na axila.

Muitas vezes, as crianças desenvolvem febre alta mesmo com doenças virais de menor importância e isto gera ansiedade em muitos pais. Contudo, os problemas no sistema nervoso central causados pela febre não ocorrem se a temperatura não ultrapassar os 42 °C. Mesmo sem uma terapêutica antipirética, nas crianças a febre induzida por uma infeção dificilmente ultrapassa os 40,6 °C, a não ser que a criança esteja excessivamente agasalhada ou num local muito quente. Os bebés com menos de 3 meses de idade que desenvolvam febre de temperatura superior a 40 °C correm o risco de contrair infeções bacterianas potencialmente perigosas e devem ser observadas pelo médico.

Prevenção

Para prevenir a febre e as infeções, especialmente as que estão relacionadas com a gripe, é recomendável que evite o contacto próximo com pessoas em estado febril e com gripe. Se já tiver sido afetado, deve:

- regressar ao trabalho só 24 horas depois do desaparecimento da febre

- tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir

- evitar tocar nos olhos, no nariz e na boca

- lavar as mãos com frequência

No caso das pessoas em risco de complicações (com doença cardíaca ou doença pulmonar crónica, pessoas idosas, grávidas e crianças de tenra idade), o médico poderá aconselhar a vacinação anual contra a gripe. Nas pessoas gravemente doentes com gripe, o médico considerará a necessidade de iniciar uma terapêutica com medicamentos antivirais, que atuarão diretamente sobre o vírus da gripe.

 

Desligar a febre

Para tratamento da febre poderá experimentar Spidifen EF, um medicamento anti-inflamatório não esteroide (AINE) que reduz a temperatura corporal e melhora simultaneamente os sintomas gripais, aliviando a dor e o mal-estar geral.

Prevenção e recomendações

É importante evitar comportamentos que possam agravar os sintomas da febre e da gripe, e permanecer em repouso.

Deixamos-lhe algumas dicas:

  • Não beba álcool
  • Não fume
  • Repouse bastante
  • Beba muitos líquidos

DESEJA SABER MAIS SOBRE SINTOMAS DA GRIPE?

Como prefere tomá-lo?

O que é Spidifen EF?